Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cartas para Estranhos #13

por Catarina d´Oliveira, em 06.08.15

É como costuma dizer-se, "o que plantas hoje, crescerá amanhã". E isso serve para tudo. Para o melhor e para o pior.

 

Ao comum mortal - estes tipos que cá andam, nós! - só resta dar o melhor de si. Sempre, e sem exceção. E dar o melhor não é dar sempre o mesmo. É dar o máximo em cada contexto e ambiente diferente.

 

Não entro em fantasias - dar o melhor de nós não significa o sucesso garantido. Muitas vezes só significa falhar. Mas falhar é aprender, e crescer, e descobrir mais uma forma que não funciona. Falhar é estar um passo mais perto de acertar.

 

estranho1.jpg

 

"Olá estranho/a,

É demasiado fácil julgarmo-nos com dureza e aspreza, mas a verdade é que todos estamos a dar o nosso melhor em cada momento que passa.

Se pensares bem, não há certamente muita gente a levantar-se de manhã e a planear errar, ou a não tentar fazer o melhor que pode. Se conseguíssemos faze melhor numa determinada altura, provavelmente, tê-lo-íamos feito.

Tu és bom/boa o suficiente. E lembra-te que os outros também estão a dar o seu melhor. Portanto, tenta, pelo menos, dar-lhes o benefício da dúvida.

És verdadeiramente um espanto, sabias?



Porta-te com juízo"

 

estranho2.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D